sexta-feira, 4 de setembro de 2020

A VIDA OCULTA EM DEUS: VIVER EM CRISTO


67. Permaneça em Mim pela memória e pelo olhar de sua alma. Viva em mim. Alimente-se de mim. Procure me conhecer, não somente de fora, mas por dentro. Leia até o fundo do meu coração. Não se canse dessa tarefa. Que ela seja seu único negócio, a ocupação total de sua vida. Persista nela como a fonte de toda luz, de toda energia, de toda alegria. Una-se fortemente a Mim por amor. Você ficará assim firme e forte com a minha firmeza e com a minha força. Nada poderá perturbar ou agitar você, exceto superficialmente e, acima de tudo, nada poderá nos separar, exceto o pecado. E quando isso o ameaçar, aproxime-se de Mim com um amor mais generoso e ardente. E, longe de prejudicá-lo, essa provação terá apenas fortalecido a nossa união. E eu estarei com você.

- Como estarás comigo, Jesus?

- Estarei com você como um amigo na casa do seu amigo, como um hóspede na casa do seu hóspede. Eu assumi o controle do seu coração. Expulsei dele todas as afeições rivais. É meu; é para mim que não pára de bater. Sou eu quem o move. Eu sou o motor que o arrasta, a força que o move, a luz que o dirige e que indica o caminho que deve seguir. Eu o transformei espiritualmente em meu próprio Coração. Ame o que Eu amo; rejeite o que eu rejeito, queira o que Eu quero. Sinta-se com o meu próprio Coração, e seja assim um pouco mais e um pouco melhor a cada dia. Estarei, então, dentro de você, na parte mais íntima do seu eu. Num certo sentido muito verdadeiro, sou ainda mais você do que você mesmo por causa daquele amor que o transformou em Mim. O meu apóstolo dizia: 'Vivo jam non ego...' [não sou eu que vivo...]. É exatamente isso, ou ainda: 'Qui adhaeret Domino, unus spiritus est ...' [quem se une ao Senhor, torna-se com Ele um só espírito]: um único espírito; portanto, um só coração e, se você quiser, para sempre.

(Excertos da obra 'A Vida Oculta em Deus', de Robert de Langeac; Parte I -  O Esforço da Alma; tradução do autor do blog)