terça-feira, 7 de agosto de 2018

NO LIMIAR DO SOBRENATURAL (XI)

Valle de Spulga, região de Valchiavenna, perto da fronteira com a Suiça. Chuvas torrenciais assolam a região em maio/junho deste ano. No dia 29 de maio, cerca de 7.500 metros cúbicos de rocha se deslocam montanha abaixo em direção ao povoado de San Giacomo Filippo, situado junto ao penhasco (ver vídeo abaixo). A avalanche produz uma nuvem enorme de poeira que engole o povoado, mas pára a poucos metros do santuário, sem causar maiores danos ou vítimas fatais. O santuário, com 420 anos de história, foi construído no local onde duas jovens afirmaram ter visto a Virgem Maria em 1492.

A igreja atual é a terceira a ser construída. Após a aparição da Virgem, ocorrida em 10 de outubro de 1492, uma capela de madeira foi construída no local e substituída, cerca de 20 anos depois, por outra em alvenaria. O atual Santuário de Galivaggio foi construído entre 1598 e 1603 e foi consagrado em 1915. A torre do sino, adjacente ao Santuário da Madonna de Gallivaggio, possui 52m de altura e data de 1731. Maria Santíssima é venerada ali como a Mãe da Misericórdia e, durante o Jubileu de 2000, ela foi declarada Patrona da região da Valchiavenna.

 


(vídeo)