quarta-feira, 10 de outubro de 2012

GALERIA DE ARTE SACRA - II

Há pouco, encerrou-se no Brasil, a maior exposição já ocorrida na América Latina de obras do artista italiano Michelangelo Merisi de Caravaggio, realizada em Belo Horizonte e em São Paulo. Caravaggio (1571-1610) foi um grande representante do estilo barroco e  pintou temas religiosos com a chamada técnica do tenebrismo, efeito que usa o chiaroscuro de forma extrema. Com o título Caravaggio e Seus Seguidores, a exposição apresentou seis telas de Caravaggio e mais 14 trabalhos dos chamados ‘pintores caravaggescos’, como são chamados os artistas influenciados pelo italiano, que incluem artistas do porte de Artemisia Gentileschi, Bartolomeo Cavarozzi, Giovanni Baglione, Hendrick van Somer e Jusepe di Ribera. A galeria de arte sacra desta postagem mostra algumas das obras máximas de Caravaggio.


(O sacrifício de Isaac - Galleria degli Uffizi, Florença)

(A inspiração de São Mateus - San Luigi dei Francesi, Roma)

(A incredulidade de São Tomé - Neues Palais, Potsdam)

(A crucificação de São Pedro - Santa Maria del Popolo, Roma)


(Ceia em Emaús - National Gallery, Londres)